21 24733084


TODOS OS VINHOS

Passe o mouse e veja mais detalhes

1059 - Vinho Verde Camaleão Loureiro & Alvarinho 2016. João Cabral de Almeida. RP 92

R$120,00
R$98,00

Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

1059​ - Vinho Verde Camaleão Loureiro & Alvarinho 
Safra: 2016
Produtor: João Cabral de Almeida
Castas: Loureiro 70% & Alvarinho 30%
Avaliação: RP 92
Grau alcóolico: 12,5% Vol.

Proveniente de uma família com grandes ligações ao vinho,  João Cabral Almeida, que, além de dar aulas na Escola Superior Agrária de Viseu e prestar algumas consultorias (é colaborador do papa do vinho branco português Anselmo Mendes), produz os seus próprios vinhos, seguindo um conceito enológico diferente.

"O enólogo João Cabral Almeida é o responsável por diversos vinhos, de entre os quais um bastante original, em parceria com um produtor na região de Lisboa e com a casta Sauvignon Blanc. Chama-se Camaleão e no rótulo tem estampada a imagem do réptil, que muda de cor conforme a temperatura. Ou seja, quando a garrafa é posta no frigorífico ou no gelo, ao atingir os 8-11 graus (a temperatura ideal para servir o vinho) a imagem do camaleão passa de verde a azul, pois o frio atua na tinta térmica utilizada no rótulo. Este é um dos projetos mais recentes do jovem enólogo, mas até chegar aqui João deu muitas voltas. Licenciou-se em Engenharia Agronómica, no ramo de Viticultura e Enologia, no Instituto Superior de Agronomia de Lisboa e, mais tarde, fez o mestrado, na mesma área." (Revista UP Magazine)

O Camaleão Loureiro (70%) & Alvarinho (30%) 2016 é seco e não passa por madeira.

RP 92: "Fantástico! Bem arredondado, fresco e afiado, com ótima acidez e um final austero, metálico. No final apresenta bela intensidade e uma expressão pura e transparente. É um vinho que cativa pelo dinamismo e pelo vigor. É jovem no presente momento, e deve envelhecer muito bem – o produtor sugere 8 a 10 anos. Seremos um pouco conservadores, mas não duvido que este vinho ultrapasse essa previsão. Duas grandes safras em sequência – ainda que o preço  desta ótima performance tenha sido um baixo volume produzido. Melhor apressar-se se deseja provar."