(21) 2471-3654


TODOS OS VINHOS

Passe o mouse e veja mais detalhes

779 - Châteauneuf du Pape Bosquet des Papes Chante le Merle 2019. WS 95 JD 95

R$833,00

Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

Châteauneuf du Pape Chante Le Merle Vieilles Vignes
Safra: 2019
Produtor: Bosquet des Papes – Maurice & Nicolas Boiron
Castas:  Grenache 86%, Mourvèdre 7 %, Syrah 7%.
Avaliação: WS 95, JD 95
Grau alcóolico: 16,00 % Vol.
     

O Wine Advocate, Robert Parker e Jeb Dunnuck, destaca esse produtor sem medir elogios:

“Em minha opinião nenhuma propriedade em Châteauneuf du Pape tem demonstrado tantos ganhos qualitativos nos últimos anos. A qualidade de seus 2010 foi assombrosa, os 2012 são incríveis também e os 2016, aqui apresentados, fabulosos. O Chante Le Merle 2017 foi notado 97- 99 pelo Wine Advocate e vai chegar no fim do ano.”

Procurando a próxima grande estrela de Châteauneuf? Não procure mais, já achou!

Notar que a safra 2019 no Sul do Vale do Rhône Sul foi estupenda, elogiadíssima por todos.

O Bosquet des Papes Chante Le Merle Vieilles Vignes 2019 foi notado 95/100 pelo Wine Spectator com este comentário: 

WS 95: “Ameixas e compota de cereja são os principais temas aromáticos, com castanha, folha de louro doce, amieiro chamuscado e tabaco também se afirmando. Indícios de alcatrão e raiz de alcaçuz perpassam o final, dando ao vinho um contorno clássico. Um Châteauneuf-du-Pape muito sólido, estilo tradicional. Beber até 2038. 2.000 caixas produzidas.”

Também obteve 95/100 de Jeb Dunnuck ( ex RP – Wine Advocate ):

JD 95: “Advindo da cuvée vinhas velhas, o Châteauneuf Du Pape Chante Le Merle Vieilles Vignes é um corte 85% Grenache e 15% Mourvèdre maturado em toneis de carvalho. O seu matiz rubi escuro reúne uma gama impressionante de amoras e cerejas, assim como pimenta moída, garrigue provençal, sândalo e especiarias exóticas. Belíssimo também ao paladar, com um corpo médio a cheio revelador de múltiplas camadas. Riqueza, concentração, estrutura, taninos firmes e duração fora de série. Irá brilhar ainda por duas décadas.”

http://www.bosquetdespapes.com