21 24733084


Toscana

Passe o mouse e veja mais detalhes

1023 – Brunello di Montalcino Magnum il Poggione 2012 RP 95+

R$1.010,00
R$899,00

Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

1023 - Il Poggione Brunello di Montalcino Magnum
Safra: 2012
Produtor: Il Poggione
Castas: Sangiovese 100%
Avaliação: RP 95+, Vinous 93+, WE 93, WS 92
Grau alcoólico: 14.5% Vol.

Localizada na Toscana, em Santo Angelo in Colle, na parte mais septentrional da região de Montalcino, a Tenuta Il Poggione produz vinhos e azeite conforme a tradição. Uma das maiores propriedades de Montalcino e um dos maiores produtores de Brunello, seus vinhos são reputados pelo grande equilíbrio e o excepcional potencial de guarda. “O Brunello di Montalcino Il Poggione continua sendo um dos vinhos merecedores de longa guarda com preço mais justo no mundo."

RP: "Os vinhos de Il Poggione constantemente superam seus rivais dentro da denominação. Esta propriedade histórica desenvolveu e afinou um estilo distinto ao longo dos anos, premiando a elegância e a fineza. Esta é uma das maiores propriedades em Montalcino, com 590 hectares no total, sendo 140 ocupados por vinhas. Anos atrás, quando os vinhedos estavam sendo plantados e desenvolvidos, diversas localizações foram estrategicamente escolhidas para quer as uvas Sangiovese ficassem protegidas das condições climáticas imprevisíveis que poderiam minar a qualidade da fruta. Os tipos de solo apresentam enorme variação geológica, mesmo num curto espaçamento. A única exceção é o vinhedo de 12 hectares denominado Paganelli, de solos bem homogêneos situados numa só planície, de onde provém o Brunello Riserva. Vou abrir o jogo aos leitores: publicarei em breve uma retrospectiva fascinante dos Brunellos di Montalcino de Il Poggione – degustei safras muito raras, inclusive 1955."

RP 95+Il Poggione  é uma das maiores estrelas em Brunello e uma safra como esta nos revela  porquê. Assim que o 2012 é derramado na taça o degustador percebe que está diante de algo excepcional. Trata-se de um vinho escuro, saturado e denso que não carrega as matizes marrons que costumam afligir os Sangioveses em safras mais quentes, tampouco denota-se cansaço ou falta de personalidade. Pelo contrario, a qualidade da fruta é rica e vibrante. Temos aqui um Brunello saudável, generoso, intenso e exuberante, com aromas suculentos de frutas negras bem integrados às notas mais complexas de tabaco e especiarias. O equilíbrio também impressiona: conte com uma acidez refrescante, fator que não deve ser subestimado, tendo em vista que a média de acidez na denominação em 2012 não é tão alta quanto de costume. Este é um dos melhores Brunellos do ano.”